terça-feira, 30 de setembro de 2008

Do Imprevisível





Na largura dos espaços, a estreiteza dos que são mesquinhos.

Na luz natural, a escuridão das cortinas da ignorância.

No paralelismo semântico, dissonâncias desnecessárias.

No vácuo dos não, preenchimentos com falsas plavras.

No leito amplo da amorosidade, os fogo ateado pelos ciúmes vãos.

Da vozes mais caladas, podem en/toar-se as tessituras mais complexas.

Do algodão torcido,tecido, as tecituras, as aberturas, as vestes.

Do fio de lã, peças para aquecer seu inverno...

Na alma incontaminável, as máculas dos ácidos da inveja.
Acontece, mas...

Do lamaçal, brotam lótus colhidos por lentíssimos barcos...

Dos úteros em prontidão, irrompem crianças índigo.

Dos úteros infantis, maduras atitudes femininas.

Dos corações, crianças dotadas, alunos amados, doações.

Do solo duro, quando bem afofado, vingam sementes, verdes se multiplicam.

Da impaciência, a criatividade pode redesenhar as nuvens.

Da paciência, os frutos impensados, os amores desacreditados.

Dos lábios mais secos, o beijo mais profundo e úmido...

De você para o outro, o milagre da multiplicação perene,

porque amar é mais que necessário e é sempre possível

mesmo no que parece incrível.

Clevane Pessoa de Araújo Lopes

Diretora regional do inBrasCi em Belo Horizonte-MG e
Embaixadora Universal da paz (Cercle de Les Am,bassadeurs Univ.de la Paix-genebra, Suiça.

Marcadores:

lançamento Carioca da publicação do Interações Florestais



Lançamento Carioca da Publicação do Interações Florestais - Residência Artística TerraUna 2008.
Dia: 06/10/2008
Hora: 19h
Local: Espaço Cultural Municipal Sergio Porto.
Rua Humaitá 166.

Entrada Franca, revist/dvd distribuidos gratuitamente



Convidamos a todos para o lançamento Carioca da publicação do Interações Florestais - Residência Artística TerraUna 2008. Produzimos uma revista com DVD anexado, contendo fotos, vídeos dos trabalhos realizados durante a residência, além de um pequeno documentário sobre a vivência dos artistas durante os 21 dias na Ecovila Terra UNA.

às 19 horas exibiremos vídeos realizados durante a residência.
às 20 Haverá uma mesa com falas dos organizadores e alguns dos artistas residentes e a participação de Pedro França, professor EAV Parque Lage.

Artistas que participaram da residência:
Eduardo Verderame; Michelle Moura e Elisabeth Finger; Floriana Breyer; Guilherme Teixeira; Hélène Delmonte; Julio Callado; Krishna Passos; Maicyra Leão; Manuela Eichner; Otávio Avancini; Rodrigo Braga. Nadam Guerra; Flavia Vivacqua; Cristina Ribas; Domingos Guimaraens (artistas organizadores).

programação de vídeos:

Tarde em Fuga - de Julio Callado
Travessia água - de Flávia Vivacqua
Infinito Circular - de Manuela Eichner
Duas Terras - de Nadam Guerra
Interações Florestais, documentário sobre o projeto - de Nadam Guerra e Domingos Guimaraens


Esperamos a todos.

Conselho Interações Florestais.


www.terrauna.org.br

Marcadores:

Eduardo Kobra-Lei da Cidade que Pinta

Exposição "Lei da Cidade que Pinta" do Artista Eduardo Kobra

Edson Lima - Asssssor de imprensa e divulgação de O Autor Na Praça, nos envia esse interessante release:


"Segue release sobre a exposição "Lei da cidade que Pinta". Aproveitamos para fazer o convite e solcitamos apoio na divulgação através de inserção no sítio/portal e/ou boletim. Agradecemos e ficamos a disposição. Edson Lima - (11) 3746 6938 / 9586 5577.

Galeria Michelangelo apresenta a Exposição “Lei da Cidade que Pinta”

Do artista plástico e muralista Eduardo Kobra

Placas, outdoors, luminosos e outros materiais de comunicação visual retirados pelos fiscais e funcionários da Prefeitura ressurgem como suporte na exposição que o muralista Eduardo Kobra faz a partir de nove de outubro. Ele recicla e reutiliza os painéis para pintar obras dentro do tema “Muros da Memória”, em que resgata cenas e lugares da cidade de São Paulo.

A exposição “Lei da Cidade que Pinta”, que inaugura a galeria Michelangelo, no Empório Artístico, da Vila Madalena, fica no local até o dia 10 de novembro. Kobra exibe cerca de 15 trabalhos, em tamanhos e formas diversas. O nome da exposição é, naturalmente, uma referência à Lei da Cidade Limpa. “Agora é um momento em que se discutem os valores desta Lei - o que vale a pena e o que não vale. A minha exposição é, de certa forma, uma reflexão sobre isso”, afirma o artista.

Para a exposição, Kobra procurou painéis em ferros velhos e depósitos de sucata. “Como pela Lei da Cidade Limpa muitas empresas tiveram de retirar placas, outdoors e luminosos, tudo isso virou material para meus trabalhos”, conta Kobra: “Tomo emprestado desses suportes a força que têm como referência às recentes mudanças na realidade das ruas da Cidade”, acrescenta. Entre as obras, Kobra cita que está em pleno processo produtivo e que ainda não há nenhum trabalho concluído. “Dias atrás fui até o rio Tietê e fiz uma foto de um ângulo em que aparecem o rio, a cidade e o esgoto. Depois, fiz uma impressão em preto e branco e, como se fosse um outdoor fiz uma colagem em um dos painéis. Peguei uma foto antiga, em que as pessoas brincavam no rio e intervim nesse cenário. O trabalho está quase pronto e acredito que será um dos destaques da exposição”, diz. Mais que os temas, a força do trabalho de Kobra está no apuro técnico na reprodução de imagens e na liberdade com que utiliza cores em grandes formatos e diferentes escalas e superfícies.

Kobra, como muitos outros grafiteiros da Cidade, viu alguns de seus trabalhos apagados pela tinta ocre dos agentes da limpeza paulistana. “Ninguém discute que era preciso impor limites, mas é preciso manter espaço para a expressão nas ruas da cidade e honrar o título que São Paulo tem de Capital Mundial do Grafite, que é a mais pública das artes, à qual as pessoas têm acesso direto e gratuito. Este mês, vou ter meus trabalhos publicados no livro sobre Muralismo, editado na Grécia pela editora Carpediem, que contará com 169 artistas de todo o mundo. Ou seja: na Europa nossos trabalhos são vistos como cultura. Aqui não podem ser vistos como uma ameaça à beleza da Cidade. Por isso, proponho a reflexão e o debate”, diz. E acrescenta: “O ocre furou o muro”.

Muro das Memórias - Muros são, justamente, as “telas” principais do trabalho do artista. Ele é autor do projeto “Muro das Memórias”, que tem como principal objetivo transformar a paisagem urbana através da arte e resgatar a memória de São Paulo. É uma mistura de nostalgia e modernidade, por meio de imagens do início do século passado, em muros e espaços da cidade. Desde 2006 já foram entregues 18 murais e a idéia é fazer mais três até o final de 2008. Kobra desenvolve obras que misturam o traço do grafite - rico em sombra, luz e brilho – com traços do airbrush. O resultado são murais com a ilusão tridimensional que permite ao público interagir com a obra.

Entre os trabalhos feitos por Kobra em São Paulo, a primeira via presenteada foi justamente a mais importante da cidade: a Avenida Paulista, que ganhou no dia do aniversário da Paulicéia (25 de janeiro de 2006) um mural com a imagem da própria Paulista em 1920, do livro “Avenida Paulista - A síntese da Metrópole”, de Antonio Soukef Júnior e Eduardo Albarello. Segundo Kobra, “a idéia do mural, que reproduz um bonde na Paulista, foi estabelecer uma comparação entre o ar romântico e o clima de nostalgia da avenida naquela época com a constante agitação, característica de grandes centros, como é a Paulista atual”. A Avenida Sumaré também recebeu um mural: uma imagem que faz referência à foto de Guilherme Gaensly, do Arquivo Público do Estado de São Paulo, que retrata o Porto de Santos em 1920 (trabalho destacado no livro que será editado na Grécia, citado acima). Outro belo trabalho está instalado em um muro na Av. Hélio Pelegrino, 1.200, inspirado em uma na foto da rua Direita em 1905, do livro “Lembranças de São Paulo”, de João Gerodetti e Carlos Cornejo. A obra foi concluída em 2007. Destaque ainda para a obra que retrata a rua Rangel Pestana de 1900 e foi pintada dentro da loja Magma, que está localizada no número 1.249 da mesma via. A imagem mostra a fachada da própria loja no século passado. Em outro trabalho, entregue em 16 de agosto de 2007, por conta do aniversário de 447 anos do bairro de Pinheiros, o artista se inspirou em uma fotografia de Jurandir Goldschimidt, que retrata o Largo de Pinheiros em 1920, com seu Coreto e Bonde: um painel de 200m² no muro lateral da Igreja do Calvário, em Pinheiros. Destaque também para o mural na rua Belmiro Braga, na Vila Madalena, que retrata o bonde que circulava na região do Parque Antárctica. Kobra finalizou recentemente um mural em frente ao Instituto Tomie Otake, em Pinheiros, com a imagem do Viaduto Santa Efigênia, em 1913, inspirada em um cartão postal da época. Também recentemente pintou no escritório da UBB, no Edifício Andrauss, uma imagem do Viaduto do Chá e do Teatro Municipal, no início do século. Seu trabalho mais recente é o painel entregue na Avenida Morumbi (altura do número 6.700), de trinta metros de comprimento por cinco metros de altura, que traz uma cena da rua São Bento, no Centro da Cidade, na década de 20, construída através de pesquisas em diversos livros e álbuns de retrato. O artista pretende fazer mais três painéis até o fim do ano. Para isso, busca apoio de empresas para custear o material utilizado e assumir a parceria deste presente para São Paulo.

Perfil do artista - O paulistano Eduardo Kobra, 33 anos, começou seus primeiros trabalhos em 87, junto com a segunda geração do grafite, sob a influência do hip hop. Inquieto e curioso, logo aprimorou seus traços, desenvolvendo sua forma de expressão. Suas criações são ricas em detalhes, que mesclam realidade e um certo “transformismo” grafiteiro. “Procuro, no projeto ‘Muro das Memórias’ mostrar imagens históricas com uma leitura contemporânea”, afirma. Embora nunca tenha tido contato pessoal, um de seus principais mestres atuais é o norte-americano Eric Grohe, artista plástico que faz da sua arte um meio de transformação. São murais que confundem os olhos de quem observa, reduzindo a nada a diferença entre escultura e pintura. Os trabalhos de Kobra, muito executados antes mesmo do contato com a arte de Grohe, trazem características semelhantes.

Além do projeto “Muro das Memórias” e de vários outros grafites feitos em espaços da Cidade, Kobra já trabalhou para empresas como Playcenter, Beto Carrero World, Coca-Cola, Nestlé, Chevrolet, Ford, Roche, Jonnie Walker, Iodice e Carmim; e para as agências The Marketing Store, Diageo, Agnelo Pacheco, além de ter trabalhado com o arquiteto Sig Bergamin para a Lê Lis Blanc. Em alguns trabalhos conta com a parceria do arquiteto, urbanista e especialista em arte pública Márcio Rodrigues Luiz. Fundou em 95, o Studio Kobra, onde comanda uma equipe especializada em pintura de painéis artísticos.

Eduardo Kobra tem sido muito procurado para decorar artisticamente interiores de bares e restaurantes. Seus trabalhos podem ser vistos em seis estabelecimentos da cidade, como o sofisticado Trindade (onde, a convite do arquiteto Toninho Noronha, em 2007, mostrou, sob uma lona de caminhão de 96m2 uma cena do bairro Lisboeta, em Portugal. Em maio, foi convidado para pintar um mural de 10X4m no Bleecker, que traz uma cena do metrô de Nova York. Em julho de 2008, pintou no restaurante JK (5mX9m) uma cena do Centro de São Paulo, no início do século (Largo do Tesouro, 1910). Em agosto, terminou no empório Santamaría, na avenida Cidade Jardim, dois belos trabalhos: um no teto da área de presentes e o outro no restaurante japonês do local.

Kobra teve alguns trabalhos do projeto Muro das Memórias exibidos no programa Fantástico da TV Globo em setembro de 2007. Em agosto deste ano pintou um painel na abertura do 35º. Salão Internacional de Humor de Piracicaba, onde reproduziu imagens de charges e caricaturas premiadas em salões anteriores. Saiba mais sobre o artista: www.eduardokobra.zip.net

Serviço:
Exposição “Lei da Cidade que Pinta” do artista plástico Eduardo Kobra
Inauguração: dia 9 de outubro, quinta-feira, a partir das 19h.
Onde: Galeria Michelangelo, no Empório Artístico Michelangelo (desde 1915)
Rua radique Coutinho, 798 – Vila Madalena – São Paulo – Tels. 3815 0993 / 3813 2577.
Entrada Franca
Obras: cerca de 15 trabalhos em tamanhos e formas diversas
Detalhe: Placas, outdoors, luminosos e outros materiais de comunicação visual retirados pelos
fiscais e funcionários da prefeitura servem de inspiração e, também, de suporte, para a
exposição do artista, dentro do tema “Muro das Memórias”.


Sobre a Galeria Michelangelo - O Empório Artístico Michelangelo é, desde 1915, uma referência em São Paulo para o público ligado às artes plásticas, bem como para profissionais de engenharia, arquitetura e publicidade. Em 1990, foi inaugurada a Galeria de Arte Michelangelo na loja da Av. Faria Lima, com a proposta de mostrar ao público de São Paulo além de pinturas, o grande acervo do Empório (coleção adquirida durante muitos anos de relacionamento direto dos irmãos Cesare e José Colasuonno, os fundadores, com os artistas). Em 93 surgiu o Prêmio Michelangelo de Novos Talentos, concurso que premiava a cada ano cinco novos talentos da pintura, inclusive com bolsas de estudo no exterior. Em 2008, depois de muito tempo de pesquisa e adequação às novas necessidades e perfis dos clientes artistas, foi inaugurado um novo espaço na Vila Madalena, em São Paulo. O projeto deste novo espaço foi baseado no conceito de "living gallery", muito em voga na Europa. O profissional ou o admirador das artes em geral, não freqüenta mais as galerias de arte como simples protagonista ou expectador, respectivamente, mas busca nelas seu habitat de maior conforto e prazer. Assim surgiu na Vila Madalena, bairro preferido de artistas e intelectuais há gerações, o Empório Artístico Michelangelo, que reúne, em um mesmo endereço, a loja Michelangelo, voltada para as artes plásticas, desenho técnico e artesanato; a galeria Michelangelo vitrine de novos talentos das artes (que é inaugurada pela exposição de Kobra), a Oficina de cursos livres e o Café Michelangelo.
www.emporiomichelangelo.com.br e loja1@emporiomichelangelo.com.br
"
Assessoria Especial e de divulgação: O Autor na Praça – Edson Lima
Tel. (11) 3746 6938 / 9586 5577 – oanp@uol.com.br

Imprensa: Gontof Comunicação - Jornalista responsável: Airton Gontow (MTB: 18.574)
Telefones: (11) 2158-0163, 2158-0173, 2158-0183, 3714-6924, 9109-0688 e 9494-4193
redacao@gontof.com.br / www.gontof.com.br

Marcadores:

segunda-feira, 29 de setembro de 2008

Unidee in Progress -Cittadellarte-Fondazione Pistoletto


Recebo, do e-artnow, em 29.09.2008


UNIDEE IN PROGRESS 08 - open studio




Unidee in Progress 08
Cittadellarte-Fondazione Pistoletto
Via Serralunga 27
13900 Biella - Italy
Phone: +39 015 28400
Fax: +39 02 00617056
Contact: Francesca Fossati
ufficiostampa@cittadellarte.it

unidee2008.wordpress.com

opening one day event:
SUNDAY 5th OCTOBER 2008, from 5.00 pm
free entrance






Presentation of the projects for a Responsible Transformation of Society developed by the residents of UNIDEE 2008.

UNIDEE in Residence, 'creativity campus' of Cittadellarte-Fondazione Pistoletto, offers the opportunity to become activators of projects for a Responsible Transformation of Society to artists, curators and managers of socio-cultural projects. Four months at Cittadellarte-Fondazione Pistoletto: workshops, lectures, discussions and collaborative projects.

The projects Unidee in Residence 2008 will be on exhibition in Cittadellarte until December 31, 2008

IN RESIDENCE: (Current City / Nation)

Yael Bar-On (Jerusalem / Israel)
Biljana Ciric (Shanghai / Serbia)
Yolanda De los Bueis (London / Spain)
Manuela Macco (Biella / Italy)
Ahmad Malki (Ramallah / Palestine)
Elisa Marchesini (Amsterdam / Netherlands-Italy)
Pavlina Mladenova (Varna / Bulgaria)
Josefina Posch (Gothenburg / Sweden)
Christoph Schwarz (Vienna / Austria)
Marko Stamenkovic (Belgrade / Serbia)
Sakiko Sugawa (Kyoto / Japan)
Nidhi Sundram (Mumbai / India)
Daniel Alejandro Urrea Peña (Medellín / Colombia)
Yulia Usova (Kiev / Ukraine)
Sarah Vanhee (Amsterdam / Belgium)
Flávia Vieira (Porto / Portugal)
PROGRAMME:

:: 5.00 pm opening

:: 5.00 - 6.00 pm 'Alii bella gerunt, tu felix Austria nube' - performance by Yael Bar- On, Ahmad Malki, Sakiko Sugawa at Palazzo Ponte Cervo / Cittadellarte

:: 6:30 pm Unidee in Residence 2008 Certificates Ceremony

:: 7.00 pm Buffet 'Porto and Kyoto zipped together' by Cafeteria - Cittadellarte glocal restaurant



Cittadellarte aims to inspire people towards responsible change in society through ideas and creative projects.

Cittadellarte – Fondazione Pistoletto was founded in 1998 as the physical embodiment of the Progetto Arte Manifesto (1994) with which the artist Michelangelo Pistoletto proposed a new role for the artist: the role of creating an interaction between all the diverse spheres of human activity that form the society.

Cittadellarte is a huge laboratory where creativity acts as the crossing point between the diverse cultural, economical and productive sectors. It is a massive generator of energy, and a place for rethinking things, for sharing views, for studying and for doing research.

The name "Cittadellarte" incorporates two meanings - that of a citadel, namely a protected and defended area where artistic projects can be nurtured and developed, and that of a city, which suggests openness and complex interrelations with the world.

The activities of Cittadellarte are based on a vision of "creative involvement", where art interacts directly with all dimensions of the social system - from economics to politics, from science to production, from education to behaviour - in order to achieve a responsible transformation in human civilisation.


WITH THE SUPPORT OF:

European Union , Regione Piemonte, Provincia di Biella, Città di Biella

Unicredit Group, Fondazione CRT, Fondazione Cassa di Risparmio di Biella

De Buren, Universidad de Antioquia, AM Qattan Foundation, Inlaks, Snait Foundation, Pacefuturo, Hangar, Fondazione Zegna, Illy, Next Kunst, Dena Foundation, As_Tide Networks

Marcadores:

domingo, 28 de setembro de 2008

Nilze Costa e Silva-TUDO POR CAUSA DO SOL-02 de outubro





Imagem:"Uma Folha na Luz"(Guerreiro)


O Centro Cultural Oboé convida para o lançamento do livro TUDO POR CAUSA DO SOL



de Nilze Costa e Silva



Data: Dia 02 de outubro de 2008, às 19:30



A autora será apresentada pelo escritor, professor universitário e membro da Academia Cearense de Letras, Batista de Lima



Após a apresentação haverá uma leitura dramática de alguns trechos do livro, seguida de um coquetel.



Centro Cultural OBOÉ – Rua Maria Tomásia, 531 Aldeota

Marcadores:

sábado, 27 de setembro de 2008

EXPOSIÇÃO DE ARTES SA KU RA KA O RU EM SÃO PAULO






EXPOSIÇÃO DE ARTES SA KU RA KA O RU EM SÃO PAULO

Inauguração: 25 de setembro de 2008, quinta-feira, às 19 horas


Exposição: 24 a 28 de setembro, das 10 às 19h


MuBE - Museu Brasileiro da Escultura
Avenida Europa, 218 - Jardim Europa - São Paulo
Tel.: 11 2594-2601
www.mube.art.br

Marcadores:

CONCURSO LITERÁRIO GUEMANISSE DE MINICONTOS E HAICAIS - 2008



Imagem:uma de suas capas:ELOS E ANELOS

Estou em algumas antologias da Editora Guemanisse (Asas e Vôos, Convergentes,Achados e Guardados,Elos e Anelos,,,), aguardo a de MPB, e recomendo-a, pela seriedade de suas edições.A editora Clarisse Maia merece aplauso e confiança e tem tido interessantes planos editorias de livros e Cds, qual o cantigários´, o mais recente..

Clevane Pessoa de Araújo Lopes

DR do InBrasCi em belo Horizonte, MG



3º CONCURSO LITERÁRIO GUEMANISSE DE MINICONTOS E HAICAIS / 2008

www.guemanisse.org

editora@guemanisse.com.br

guemanisse@globo.com





Objetivando incentivar a literatura no país, dando ênfase na publicação de textos, a GUEMANISSE EDITORA E EVENTOS LTDA. promove o 3º CONCURSO LITERÁRIO GUEMANISSE DE MINICONTOS E HAICAIS, composto por duas categorias distintas:

a) Minicontos;

b) Haicais,

o qual será regido pelo seguinte



REGULAMENTO



1. Podem concorrer quaisquer pessoas, de qualquer nacionalidade, desde que os textos inscritos sejam em língua portuguesa. Os trabalhos não precisam ser inéditos e a temática é livre.



2. As inscrições se encerram no dia 13 de outubro de 2008. Os trabalhos enviados após esta data não serão considerados para efeito do concurso, e, assim como os demais, não serão devolvidos. Para tanto será considerada a data de postagem (correio e internet).



3. O limites de cada MINICONTO é de até 2 (duas) páginas. Os HAICAIS se prendem à sua forma tradicional.



4. Os textos devem ser em folha A 4, corpo 12, espaço 1,5 e fonte Times ou Arial.



5. As inscrições podem ser realizadas por correio ou pela internet da forma seguinte:

a) Via postal (correio): os trabalhos podem ser enviados em papel, CD ou disquete 3 ½ para Guemanisse Editora e Eventos Ltda. CAIXA POSTAL 92.659 - CEP 25.953-970 - Teresópolis – RJ;

b) Internet: os trabalhos devem ser enviados em arquivo Word para o e-mail editora@guemanisse.com.br ou guemanisse@globo.com



6. Tanto os MINICONTOS quanto os HAICAIS devem ser remetidos em 1 (uma) via, devendo, em folha (ou arquivo) separada, conter os seguintes dados do concorrente:

nome completo / nome com o qual assina a obra e que será divulgado em caso de premiação;

data de nascimento / profissão

endereço (com CEP) / e endereço eletrônico (e-mail).



7. Cada concorrente pode realizar quantas inscrições desejar.



8. Para a categoria MINICONTOS, o valor de cada inscrição é de R$ 20,00 (vinte reais), podendo o autor inscrever até 3 (três) textos por inscrição. Para a categoria HAICAIS, o valor de cada inscrição é de R$ 20,00 (vinte reais) podendo o autor inscrever até 5 (cinco) textos por inscrição. Os valores devem ser depositados em favor de GUEMANISSE EDITORA E EVENTOS LTDA, na Caixa Econômica Federal, Agência 2264, Oper. 003 Conta Corrente Nº 451-7 ou no BRADESCO, Agência 2801-0, Conta Corrente Nº 8582–0.



9. Os comprovantes de depósito (nos quais os concorrentes escreverão o nome) devem ser remetidos para Guemanisse Editora e Eventos Ltda. pelo correio, pela internet (escaneados) ou para o fax (0XX – 21) 2643-5418 (lembramos que os moradores da Cidade do Rio de Janeiro também devem discar o código de área). Nenhum valor de inscrição será devolvido.



10. Os resultados serão divulgados pelo nosso site www.guemanisse.com.br pela mídia e individualmente (por e-mail) a todos os participantes, no dia 29 de dezembro de 2008.



11. Cada Comissão Julgadora será composta por 3 (três) nomes ligados à literatura e com reconhecida capacidade artístico-cultural. Ambas as Comissões podem conceder menções honrosas ou especiais.



12. As decisões das Comissões Julgadoras são irrecorríveis.



13. Para cada Categoria (Minicontos e Haicais), a premiação será nos seguintes valores.

1º lugar: R$ 3.000,00 (três mil reais) e publicação do texto em livro;

2º lugar: R$ 2.000,00 (dois mil reais) e publicação do texto em livro;

3º lugar: R$ 1.000,00 (mil reais) e publicação do texto em livro.

Os textos premiados, inclusive os que forem agraciados com menção honrosa, serão publicados em livro (sem ônus para seus autores, inclusive de remessa postal) e cada um destes autores receberá dez exemplares, em troca do que cedem os direitos autorais apenas para esta edição específica que não poderá ultrapassar a tiragem de 2.000 (dois mil) exemplares. Os exemplares restantes desta edição serão preferencialmente distribuídos por bibliotecas e escolas públicas.



14. A inscrição no presente concurso implica na aceitação plena deste regulamento.

Marcadores:

sábado, 20 de setembro de 2008

Efigênia Coutinho






A Presidente Fundadora da Academia Virtual Sala dos poetas e Escritores, Efigênia Coutinho, brinda-nos, no mês da primavera, com poéticas considerações.A poesia,feita de filigranas pictóricas, é bastante expressiva.

Clevane Pessoa de Araújo Lopes
Patroness da AVSPE

Diretora Regional do InBrasCi (**)




LENDAS AO "FUTURECER"

Efigênia Coutinho

Percorrendo densas névoas
da meia-luz duma aurora
pelas campinas de arvoredos,
aos sons florais, vi raios
erguer a prumo a se fundirem
na despedida do luar, inspirando
leve aragem em Sílfides, por onde
bamboleavam-se solene cerimonial
Por rituais de Salamandras...


Relampejo agreste, ressurgindo
de bravura quase jazida por
utopias verdadeiras, para remover
os acontecimentos de um jeito
definitivo para nunca terem que
se frustrarem diante dos ímpios.


Mas, para quem aguarda o
esplendor dum Amor que
não morre se há sanha, que
não se amedronta nas trevas.
Conservando-se jovem depois
da tempestade, para ,quem sabe,
no próximo alvorecer voar
com o coração dum Poeta
pelas lendas do Futurecer.

Balneário Camboriú
Setembro 2008

As palavras da fundadora, no segundo aniversário.
E o selo comerativo, de prêmio, pelo qual muito agradeço.

clevane pessoa de araújo Lopes

Imagens;Efigênia, logomarca da AVSPE, selo de prêmio no segundo aniversário da Academia Virtual Sala dos poetas e Escritores.
Logomarca do InBRasCi,reponsável por esta divulgação, pela Diretoria Regional.
NOSSA AVSPE Academia Virtual Sala de Poetas e Escritores
AVSPE - É fundamentada em dar paridade cultural para o escritor, para que a sociedade conheça a vida Literária do autor: ele dedica horas preciosas de seu dia, para o ato de gerar e produzir, às vezes até com renúncia ao convívio com a família, não sendo reconhecido em seu papel.

Não tendo quase apoio, surgiu a preocupação em gerar nossa entidade para asseverar que a sua obra seja eternizada, não olvide com o desaparecimento de seu autor; e como o escritor não tem profissão regulamentada, a AVSPE vem garantir-lhe um espaço.
Uma Academia persuadir-se numa uma sociedade pelo critério da quantidade (um fato ou uma vontade torna-se tanto mais «genuíno», ou verossímil, tantos quantos mais forem os que seus acadêmicos) a Academia convence uma sociedade pelo critério da qualidade de seus integrantes,quanto mais credível for a autoridade dos seus membros.
A criação da AVSPE, foi lançada para dar seguimento a um trabalho por mim idealizado a mais de oito anos, dando corpo aos meus ideais destes anos, voltada para a arte maior a poesia.
Temos em nosso histórico acadêmicos, poetas que foram lançados em WEB, desde 2000, quando do meu primeiro Site em WEB. Poetas que chegaram e já partiram, deixando sua obra para posteridade, onde podem conferir em "HOMENAGENS".
Hoje completamos dois anos de fundação da AVSPE, e, eu desejava como ao ano passado ter proporcionado uma grande festas para todos os Acadêmicos.
Contudo, o que muitos não sabem, e hoje vos revelo, minha amada filha Marcela, ao dia 12 do mês passado, sofreu uma "aneurisma"passando doze dias entre a vida e a morte na UTI. Eu estava fora em outra cidade com minha mãe também hospitalizada. Voltei para poder ficar ao lado de Marcela, onde foram dias de angustia e dor, onde somente um milagre salvou sua vida sem deixar seqüelas alguma. Fiz este relato para que vocês, para que entendam o motivo que não consegui organizar uma grande comemoração para a data de fundação de nossa AVSPE.
Minha filha já se encontra em casa, porem sob acompanhamento médico , com algumas observações de não permanecer só, com isso ainda vou estar muito ausente, pois o tempo meu, será dedicado a ela, num período de 120 dias por recomendação médica.
Mas uma noticia de modificação será dada para todos, que dentro desta página que todos estão a ler, será a nossa nova imagem de todo o novo visual de nossa AVSPE.
Essa mudança será um trabalho imenso, dado o numero de Acadêmicos existem , onde o farei por ordem alfabética, dando apenas prioridade aos nosso Presidente, Vice Presidente e Patronos. Desde já peço a compreensão de cada um dos nosso Poetas.

"FRATERNIDADE E SOLIDARIEDADE , É A MOLA MESTRA DO SUCESSO DE TODOS JUNTOS". Efigênia Coutinho - Presidente Fundadora - AVSPE

Marcadores:

sexta-feira, 19 de setembro de 2008

Poetas e happers hoje, na praça Sete.








Fotos:De baixo para cima

Hudson Carlos, Poesia na Praça Sete.

Claudio Márcio Barbosa (foto de Karina Araújo)

Clevane Pessoa

Rogério Salgado

Virgilene Araújo
(fotos do casal da chamada para o blog www.poesianapracasete.com.br)




Hoje,m no Poesia na poraça sete, estarei , a convite de Claudio Márcio barbosa, mostrando sua poesia, a seu lado, parceiros que somos em várias ações culturais.

O evento tem lugar a partir das 15 hora e vem sendo organizado pelo casal Viorgilene Araújo e Rogério Salgado.

Também se apresentarão o Poeta Acácio Luiz carlos, de Belo Horizonte e o happer Hudson carlos e IceBand.

Confiorme veem, a tarde promete...

De lá, ao t´permino, iremos à Escola Estadual Madre Carmelita, no Ipiranga (perto do Zoológico, convidadas pela bibliotecária Dalvair Bernar5des.

Iremos, Claudio Márcio, Tânia Diniz, Iara Alves e eu, pois Bilá bernardes estará em viagem.

Nosso motivo focal será levar aos alunos, os poetas-em carne e osso- e sua poemática, conversar com jovens poetas e apreciadores da POEISIs.

Clevane Pessoa de Araújo Lopes

Belo Horizonte, 19/09/2008

Divulgação:
Diretoria Regional do InBRasCI, Poetas Pela Paz e pela Poesia, Representação do Movimento Cultural aBrace, A palavra do Século XXI, Rede catitu Cultural.

Vejam em http://clevanepessoa.net/blog.php?idb=10006

foto e poema (sobre a Poesia Na Praça Sete, do casal:apesar do site ser meu, o sitema não permite cópias.Tive muitas fotos deles, ckicadas pelo fotógrafo Jeovah, para a antologia D'Versos* (no prelo), mas perdi arquivos, por vírus, em meu computador antigo.

* A antologia D'versos é em prol da ONG Alô Vida, à qual pertence Claudio Márcio Barbosa.

Marcadores: ,

quinta-feira, 18 de setembro de 2008

Mobilidade em Devaneio


Marcus Bastos, envia pelo Coro Coletivo:

Pessoal,

convidamos todos para a exposição Mobilidade em Devaneio, que acontece
como parte das atividades do Vivo arte.mov deste ano. A exposição
reúne uma individual de Giselle Beiguelman, uma retrospectiva de
jovens realizadores que participaram em edições anteriores do festival
(Dellani Lima, Nacho Durán e Pedro Rocha), mostras especiais de artes
locativas, mostras de trabalhos de audiovisual criados com e para
telefones celulares. De 23 de setembro a 16 de novembro, na Galeria
Vivo (mais informações no e-flyer em anexo).

abs"

Visite, lindo site:

http://www.albertomassuda.com.br/

Divulgação InBrasCi, DR/BH

Marcadores:

Concursos literários


Tereza Pereira, da Academia de Letras de Pa´ra de Minas, repassa:




Sent: Thursday, September 18, 2008 9:39 PM
Subject: Concursos literários






CONCURSO CLESI - ESTADUAL E NACIONAL
ÚLTIMOS DIAS

Últimos dias de inscrições para os concursos literários do CLESI.
Veja Regulamento



http://www.jornalaldrava.com.br/Doc/Concursos_CLESI.pdf


3° SALÃO DO LIVRO DE IPATINGA
O Clube dos Escritores de Ipatinga convida para os lançamentos de livros e para o3º SALÃO DO LIVRO DE IPATINGA - de 30 de setembro a 05 de outubro de 2008, de 10h às 22h,
no Centro Cultural Usiminas – Shopping Vale do Aço
VEJA PROGRAMAÇÃO COMPLETA:
http://www.jornalaldrava.com.br/Doc/Programa_Clesi.pdf

]] PSIU POÉTICO
2 2 º S A L Ã O N A C I O N A L D E P O E S I A - P S I U P O É T I C O
L I N G U A G E M P O É T I C A N O S É C U L O X X I
DE 04 A 12 DE OUTUBRO DE 2008
Programação completa: http://www.jornalaldrava.com.br/Doc/programa_psiu.pdf
*****


Novidades de 17 de setembro de 2008:


CONCURSOS LITERARIOS:
http://www.gargantadaserpente.com/encanta/concursos.shtml

25.09 - 18º Concurso Nacional de Poesia "Helena Kolody" 2008
25.09 - Concurso Nacional de Contos "Newton Sampaio" 2008
29.09 - Premio Afranio Coutinho
30.09 - Premio Casa de Rui Barbosa
30.09 - 19º Concurso de Contos Paulo Leminski
05.10 - 2º Concurso Carioca de Poesia ABRACI - Uma Poesia
28.10 - Concurso de Poesias do Semi-Arido do Nordeste Brasileiro
31.10 - 7º Concurso de Contos IPDAE
28.02 - 5º Premio Barco a Vapor de literatura infantil e juvenil

*********
Concurso Literário Internacional Letras Premiadas - 2008

Prêmio de incentivo à leitura e produção textual
Poesia: 1º lugar – R$1.000,00
Crônica: 1º lugar - R$ 1.000,00
Conto: 1º lugar - R$ 1.000,00
Contribuição: Máster - R$ 10,00 por texto
Estudantes: 5,00
BLOG: http://concursos.alpasxxi.zip.net
Informações sobre os Concursos 2008 – ALPAS XXI
Tema Livre
Data prorrogada: 20.09.08
Participam destes Concursos textos em português e espanhol enviados por autores residentes em diversos países.
1. Endereço: Envie uma cópia do texto(s), uma fotografia e teu currículo em português para:
gaya.rasia@hotmail.com ou alpasxxi@hotmail.com
Ou: ALPASXXI - Rua Benjamin Constant, 71 – Centro – Cruz Alta – RS – 98025-110
2. Prazo: 20.09.08
3. Contribuição: Letras Premiadas – Poesias, Contos e Crônicas: 10,00 por texto
Concurso Estudante – Poesia: R$ 5,00 por texto
Cheque nominal e cruzado a Rozelia Scheifler Rasia ou depósito na Conta 0510046-1 Ag. 3273-5 - Bradesco / Postal ou CC 35 0242960-0 Ag. 0190 -Banrisul
4. Diplomas: Diploma de Destaque Literário para os dez primeiros textos classificados.
5. Resultados: Os resultados serão divulgados em 30 de setembro de 2008

6. Divulgação: Os textos classificados serão publicados no BLOG da ALPAS XXI.
7. Cerimônia de Premiação: Os autores receberão convites para a cerimônia de Premiação em novembro de 2008.
8. Galeria de autores: As fotografias enviadas serão publicadas na 'Galeria de autores contemporâneos ALPAS XXI'.
9 – Características: Tema Livre - Textos inéditos.
10. Limite de textos: 4 textos por categoria.
11. Coletânea: Os textos classificados nestes Concursos poderão participar da Coletânea cooperativada Deslizes e Relizes, cujo lançamento está previsto para outubro de 2008 em Porto Alegre – RS.
Em novembro a ALPAS XXI comemorará 10 anos: 1998 – 2008
Com cerimônias de lançamentos de livros e premiação do Concurso Letras Premiadas
Fórum de Literatura:
Divulgação gratuita de textos literários:
http://alpasxxi.literatura.zip.net
Publicação de textos gratuitamente: http://alpasxxi.literatura.zip.net
FICHA DE SÓCIO –2008 -2009
Ingresse no mundo virtual onde leitor e autor interagem.
Encontre o reconhecimento do público!
Publique e divulgue seus livros.
Contribuição:
( ) R$ 15,00 - Mensalidade
( ) 60,00 - Semestralidade
( ) 110,00 - Anuidade
( ) Sócio benemérito R$_________
Cheque nominal para Rozelia Scheifler Rasia, ou depósito Cc 0510046-1 Ag. 3273-5 - Bradesco / Postal ou Cc 35 0242960-0 Ag. 0190 -Banrisul
Nome---------------------------------------------
Nascimento--------------------------------------
Endereço ----------------------------------------
Profissão-----------------------------------------
Cidade-------------------------------------UF---
CEP---------------------------Fone-------------
E-mail_____________________________
Homepage_______________________
_____________________________
Assinatura

...
Divulgação:Governadoria do InBRasCI em MG:

Andreia Donadon Leal - Déia Leal
Diretora do Jornal Aldrava Cultural
Governadora do InBrasCI-MG
Membro da Academia Letras Rio-CM e da AVSPE

http://www.jornalaldrava.com.br/pag_deia_leal_plan.htm


(31) 8431-4648

Marcadores:

PROGRAMA DE RESIDÊNCIAS ARTÍSTICAS



--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
O Museu da Imagem e do Som lançou nesta segunda, dia 15 de setembro, o edital para
o Programa de Residências Artísticas LABMIS (Laboratório de Novas Mídias do MIS).
O programa é inspirado na tendência mundial de fomentar o desenvolvimento
artístico no campo das novas tecnologias e busca incentivar a troca de experiências
entre artistas, críticos, pesquisadores e curadores de diferentes localidades e
áreas de atuação.

A partir deste ano, o Programa de Residências LABMIS selecionará três projetos
artísticos, que deverão ser realizados individualmente ou em grupo. O foco são as
áreas de fotografia digital, vídeo digital, cinema digital, áudio arte, web art, games,
computação gráfica, design de interfaces e computação, comunidades digitais e
software colaborativo.

Poderão participar da seleção artistas profissionais maiores de 18 anos, estabelecidos
no território brasileiro por um período mínimo de cinco anos e, somente serão
consideradas propostas inéditas e exclusivas para desenvolvimento no LABMIS.
O período de inscrições será até dia 17 de outubro.

A seleção ficará a cargo de um júri composto por profissionais da área, além de
membros da direção do MIS e da Secretaria de Estado da Cultura.
A avaliação levará em conta a prática artística dos participantes; a qualidade artística
e poética do projeto; seu ineditismo e coerência conceitual; a viabilidade do
cronograma proposto; a viabilidade financeira; a clareza do memorial descritivo e
do desenvolvimento da proposta. O resultado do processo seletivo será anunciado
dia 24 de novembro no site da instituição:
http://www.mis-sp.org.br

Os autores dos projetos contemplados terão acesso livre à infra-estrutura tecnológica
do LABMIS, além de contar com o suporte da sua equipe de orientadores e técnicos
especializados além de contarem com uma bolsa-residência e, caso venham de
outros Estados, com passagem aérea e auxílio para hospedagem na capital paulista.

Após a conclusão dos projetos, os vencedores terão direito a um texto crítico sobre
suas obras, à realização de uma mesa redonda; e à exibição do trabalho na mostra
coletiva de resultados, que contará ainda com uma publicação específica comemorativa.

Para maiores informações sobre a inscrição, acesse o regulamento e o edital no website:
http://www.mis-sp.org.br/icox.php?mdl=mis&op=selecao_e_editais




--------------------------------------------------------------------------------
Programa de Residências Artísticas LABMIS 2008
MIS - MUSEU DA IMAGEM E DO SOM DE SÃO PAULO
AVENIDA EUROPA 158 JARDIM EUROPA
01449-000 SÃO PAULO/SP T 11 2117 4777





--
Miguel Gondim de Castro
Laboratório de Multimeios
Telefone. 3984-2466 ramal 22
Av.Deputado Emílio Carlos.3.641
Vila Nova Cachoeirinha
blog CCJ:
http://ccjuve.prefeitura.sp.gov.br/
fotos CCJ:http://www.flickr.com/photos/ccjuventude/

Marcadores:

TRIBUTO A EMILIE DICKINSON, EM BH



A produtora e divulgadora cultural Sara Coelho (CAIS),que tem um pé em sua terra, Divinópolis, terra de grandes poetas, entre os quais, Adélia prado, Lázaro Barreto, Oswaldo André de Mello -qualquer dia, apresentarei uma lista de fazer gosto,nos envia a chamada:


"(EM BH, FREE & ABERTO AO PÚBLICO EXTERNO)

Amigos, colegas, repasso convite de Osvaldo André, Helena Alvim, em FESTIVAL DE CULTURA E ARTE sob a coordenação de Camilo Lara & Adriana Versiani.
!!!

"Caros Amigos:

Em Belo Horizonte, NESTA (19) SEXTA-FEIRA às 18h30m, o GRUPO CAPELA, de Divinópolis, participa do II Festival de Arte e Cultura do Cefet-MG(BH), no auditório do campus II, Av. Amazonas, 7675, Nova Gameleira, Belo Horizonte:

EMBRIAGUEZ DE RUM OU XEREZ NO FUNDO DO COPO:
TRIBUTO A EMILY DICKINSON
com Helena Alvim Ameno e Osvaldo André de Mello.

Contamos com a sua força.
Atenciosamente,

Osvaldo."

D8ivulgação:
InBrasCi (Inst.Bras.de Culturas Internacionais Direção Regional em Belo Horizonte
Clevane Pessoa de Araújo Lopes

Marcadores: ,

sábado, 13 de setembro de 2008

Vozes de Mestres



Foto:A chilena Tita Parra, em debate com os presentes.


Visitem o site http://www.vozesdemestres.com/ que é muito bem feito e interessante;a foto dos participantes, está em um varal.Ao clicar em cima, a aóarece o grupo ou os rostos de participantes.
Vc pode levar para trás e para frente esse desfile de artistas.
Uma plêiade, nesse mega-evento:

Seu Ribero, Chico Lobo(Minas Gerais-Brasil), Pedro Mestre(Portugal),Família Guiga (MG-Brasil),Banda de Péfanos de Bendengó)Bahia), Luiza Rodrigues(sanfoneira),grupo MOXUARA(Espírito Santo, Brasil),Mestre Nelcon da Rabeca(Alagoas), Tita Parra(neta da dA LENDÁRIA Violeta Parra,Chile;Pereira da Viola(MG);ARUANSA-MG;Cia Primitiva de Arte Negra(MG);Cia.Baobá(MG);Meninas de Sinhá, MG;Landinho Pé de Bode(Bahia);

Spabado, 13/09, a partir de 15 horas:

Arturos(MG);Mestres de Milho verde (MG);Banda Mestre Librina(Pernambuco, 18 horas);

DOMINGO 14/09:
D.Bela e a Guarda de Moçambique N.Sra.do Rosário;D.Maria do Batuque(Minas Gerais), Brasil-16 horas);Grtpo Encaixa Couro (16 h-Minas Gerais, Brasil);Rosa dos Ventos (MG, Brasil);

Lembramos que o Zé do Coco do Riachão (dez anos de morte/vida) será lembrado e que a expo de Claidio Alexandrino (parte do acervo particular), esrá à mistra;

Local Lagoa do Nado _Belo Horizonte, MG

Patrocina esse Mega-evento, a VIVO e dão apoio Cultural

cantos do Mundo;Aletria Instituto Cultural;Rede catitu Cultural;ANVB(Asspc.de Violeiros do brasil);Viola Brasil;Jequitibá;SESC-MG;Inconficência;Intituto Jardim Cultoral;Favela É Isso Aí;Veras;CTM-Centro Tradições de Minas;, PEC,:Newton Paiva;Comissão Mineira de Folclore;Governo de Minas, entre outras.
Entrada franca.

Marcadores:

Vozes de Mestres

Curso Extensivo de Danças Circulares


Recebemos e publicamos a chamada e as justificativas.Realmente, as dança circulares sagradas são maravilhosas!E alegria é remédio precioso, mas que não custa caro...
Quando trabalhei no Hosital Júlia Kubstischeck, coordenando a Cada da Criança e do Adoelscente, fiz alguns manuais artesanalmente e , no "Atelier de Coro", incluí a Dança Circular-que nos remonta à promeva história da Humanidade.
A foto acima,na Estanha,mostra que em frente à Praça da Catedral de Barcelona hpa essa "ciranda de pedra",à qual chamam La Sardana.Percebe-se a coreografia lúdica, quase uma brincadeira infantil, o que costuma nos depurar(olho e lembro de minha mãe que brincava de roda conosco, com as velha s canções da cultura popular e que depois de repetir com meus pequenos alunos, quando professorinha em Juiz de Fora e no HJK, em belo Horizonte)) .A dança circular renova a capacidade humana da alegria-e a tarefa rpimordial do se humano é estar aqui na Terra, para buscar a felicidade verdadeira.Interessante observar, que logo após a saída das missas nessa Catedral, os fiéis confratenizam.De tal forma a manitenção dessa tradição é significativa, que foi erguida, no Parque de Montjüic - Barcelona, Es, essa escultura cheia de vida!
Notei muitas vezes, em adultos, quando fazemos dinãmicas de grupo, um certo pudor em retoirnar á simlidade primitiva ou da infância, mas logo, a alegria, que é contagiante, dá lugar à timidez.
Dançar faz muito bem ao chakra cardíaco, sabiam?

Boa sorte ao curso e seus alunos...


Clevane Pessoa

pessoaclevane@gmail.com


“Alegria é indizivelmente mais do que felicidade. Felicidade cai sobre as pessoas, felicidade é destino; alegria, elas fazem florescê-la dentro de si mesmas. Alegria é simplesmente uma boa estação sobre o coração; alegria é a maior realização que os homens têm em seu poder.” Rainer Maria Rilke.
... e com alegria iniciamos nossa última chamada para a IV Edição da Formação em Danças Circulares a realizar-se pela primeira vez na na cidade de Florianópolis SC. Queremos agradecer a todos que nos procuraram e àqueles que já estão inscritos, sejam bem vindos!

Abaixo algumas informações sobre o curso, ainda temos algumas vagas, que gostariamos de compartilhar com você. Aguardamos seu contato para realizar sua inscrição.

Com alegria e muita disposição,



Núlvio e Nelma

*************************

FLORMAÇÃO GIRAFLOR - Etapa Semente.

Florianópolis SC

IV Edição :: De Semente à Flor
“ Toda Semente tem dentro de si uma Flor"

Curso Extensivo de danças circulares é composto de 50 horas/aula realizados durante 3 meses, com mais 20 horas de estágio orientado durante o primeiro semestre de 2008 e 2009.

Local: Assefaz - www.assefaz.org.br
Datas: setembro: 26, 27 e 28; outubro: 24, 25 e 26; e novembro: 15 e 16.

Pré-requisito: não há

Sobre as Danças: As danças circulares são praticadas em grupos. O grupo, em círculo, segue uma coreografia e, conectados entre si, reúnem energias em busca da harmonia, da consciência do todo. No Círculo não existe hierarquia, e as atitudes de competição são substituídas por atitudes cooperativas, onde os participantes do grupo podem ajudar a superar os erros uns dos outros, manifestando o melhor de cada um. As coreografias são simples ou elaboradas. O enfoque nas Danças Circulares não é a técnica, e sim o sentimento de união de grupo, o espírito comunitário que se instala a partir do momento que todos, de mãos dadas, apóiam e auxiliamos os companheiros.



As Danças Circulares são desenvolvidas visando ampliar o conhecimento, em direção ao bem estar físico, mental, emocional, energético e social. Inúmeros ritmos, cantos e danças, de povos e culturas do mundo são vivenciados. Em meio a momentos de muita descontração e também, momentos de introspecção, a pessoa que está na roda se percebe como um ser humano íntegro.

No trabalho com as pessoas de todas as idades, as danças circulares podem sensibilizar, socializar, resgatar valores humanos, incentivar as interações entre os grupos, promover o dialogo amoroso entre as pessoas, desenvolver o senso de organização coletiva através da roda e o senso rítmico pela música e pelo movimento corporal que ela cria, e principalmente “despertar” relacionamentos saudáveis dentro do contexto social em que vivemos.

fonte: www.dancascirculares.org

últimas vagas.

Maiores informações

contato@movimentotransformar.com - Núlvio e Nelma

(48) 8415 1965 – 7811 8492 Núlvio e (48) 9972 9551 Nelma

Contato com as Focalizadores do Giraflor: www.dancascirculares.org

giraflor@dancascirculares.

Marcadores:

sábado, 6 de setembro de 2008

Eliane Velozo retorna a Belo Horizonte-depois de expor Sonho Branco, no LHUCA- the Louise Hopkins Center for the Arts-fotografias




Foto de Eliane Veloso, entre Graça Campos (à direita) e eu, no lançamento do ORIGINAL-Livro de artistas, onde participou com suas belas fotogradias,no tema "A Forma do Pote Vazio".O livro-objeto é criação de Regina Mello e está agora na quarta edição, a ser lançada, internacional.(Belo Horizonte, Palácio das Artes, 2008 -30 de junho).Eliane arrumava as malas e as fotos para viajar ao Texas. Ela faz parte do livro -álbum POIETISA, que Llobus e eu estamos organizando.

A fotógrafa e poetisa Eliane Veloso,retorna feliz a Belo Horioznte,depois de fotografar algodoais, foi ao TEXAS,expor sua arte, no LHUCA- the Louise Hopkins Center for the Arts


Belo Horizonte, 05 de setembro de 2008

Amigos e amigas,

Estou de volta, depois de praticamente um mês fora de Belo Horizonte.

A exposição “Sonho Branco”, no LHUCA- the Louise Hopkins Center for the Arts, na cidade de Lubbock/TX/EUA, foi muito legal e muita gente viu o trabalho.

Deixei a exposição no Texas e fui para Chicago, onde passei quase três semanas... de férias.. andando pelas ruas, indo museus e galerias... e visitando velhos amigos... comendo sanduíches e cheese cakes...
maravilha!!!

Agora de volta, retomo as atividades do “Sonho Branco”, em busca de algum empresário sensível que repasse Imposto de Renda para a publicação do livro (projeto aprovado pelo MinC).

Estou lhes enviando, em anexo, um release que, acredito eu, é a melhor coisa escrita sobre a exposição até o momento.
Estou, agora, buscando outros lugares para mostrar o trabalho... qualquer informação será muito bem-vinda.

Abraços,
Eliane Velozo

Abaido, o sito Press release


Ref.: “Sonho Branco” – exposição de Eliane Velozo


“Sonho Branco”, exposição individual da artista Eliane Velozo, é parte do projeto homônimo, que documentou campos de algodão e colheitas no Brasil, em Slaton/TX/EUA e no Togo/África.

Sobre o trabalho:

O Sonho Branco que nos traz essa exposição fotográfica teve início quando Eliane Velozo decidiu homenagear seu avô, com quem colheu algodão, em sua terra natal, Pernambuco.

Após realizar duas exposições do projeto, no Museu do Homem do Nordeste - Recife/PE e na Galeria SESIMinas - BH/MG, com as imagens feitas no Brasil, Eliane sonhou com Catherine Kitten (no sonho, ela deveria saber quem era Catherine Kitten).

Na rede de computadores, Eliane Velozo descobriu que Catherine nasceu em Nebraska e residiu em Slaton/TX, de 1912 até sua morte em 1937, e que sua família, vem, desde então, cultivando algodão no Texas.

Após vários contatos virtuais com essa família Eliane viajou para Slaton, em 2006, para fotografar a colheita do algodão dos ‘Kitten’.

Ao retornar, Eliane encontrou uma lacuna no projeto, que foi preenchida com o desejo de buscar suas raízes africanas.

Após exposição no Instituto Francisca de Souza Peixoto, em Cataguases/MG, decidiu viajar para fotografar a colheita no Togo/África, país que faz parte do que foi, formalmente, conhecido como “Costa dos Escravos”.

A exposição, que em 2008, já foi realizada no LHUCA (the Louise Hopkins Underwood Center for the Arts, na cidade de Lubbock/TX/EUA),

representa a semeadura e a colheita do algodão em três jornadas (Familiar - fotos e experiências no Brasil; Espiritual - fotos e experiências em Slaton; Ancestral - fotos e experiências no Togo).

Paul Hertz, artista, e curador independente, que reside em Chicago/EUA, escreve sobre o trabalho:

“As distâncias que a artista percorre, com trabalho árduo e sacrifício, e as distâncias que ela atravessa aparentemente sem esforços em sonhos ou através das redes de comunicação, chegam a um destino comum (com esse projeto fotográfico).

Esse projeto é sobre algodão e o trabalho no cultivo do algodão, ou sobre escravidão e liberdade, ou sobre família e ancestralidade, ou sobre espiritualidade - ou sobre tudo isso e nada disso e pode se despedaçar se tentamos separar suas partes e colocá-las de volta no seus lugares de origem.”

Ele continua: “…a artista busca contatos com o inefável, ancestral, no passado e no fururo, no presente-como-futuro-imediato. Em última instância, mantém unido o tecido do seu trabalho — e nada realmente se destroça no que nossa sondagem busca entender. Chegue perto e o tecido revela suas características individuais; se afaste um pouco e o padrão da totalidade emerge.” Explica, falando do sonho relacionado com esse projeto: “O que deveria nos espantar mais: o sonho onde a artista é perguntada —“Quem é Catherine Kitten?”— que inicia sua jornada aos sujos e vermelhos campos de algodão do Texas ou a fibra que conecta o sonho à realidade, o sistema nervoso estendido da internet onde ela encontra os vestígios de uma pessoa chamada Catherine Kitten?

Quer adotemos os aspectos da espiritualidade ou da ciência cognitiva em nossas especulações, ou consideremos as peregrinações da artista uma manifestação da l’hasard objectif — na teoria do surrealismo de André Breton, uma reconciliação entre forças naturais e humanas ao acaso — os saltos intuitivos que a guiaram através de três continentes, deveriam nos fazer parar para pensar.”

Eliane é formada em Comunicação Visual (UFPE) e Mestra em Belas Artes - Fotografia (University of Illinois at Chicago) e tem realizado exposições de seu trabalho nos Estados Unidos e em várias partes do Brasil.

Já ensinou fotojornalismo e, regularmente, realiza pequenas oficinas de ecologia, arte e fotografia.

Apesar de sua baixa habilidade visual (é portadora de degeneração macular e retinose pigmentar), trabalha normalmente em sua arte, inclusive revelando e ampliando suas próprias fotografias em processo preto & branco tradicional.

Eliane declara: “O mundo é minha casa, meus ancestrais são meu ‘élan vital’.”



Contatos:

Eliane Velozo

55- 31- 3375.6183

elianevelozo@terra.com.br


SERVIÇO:

LHUCA - Underwood Center for the Arts - WHITE DREAM. Solo photography exhibition by Eliane Velozo. August 1-25, 2008. This exhibition by Brazilian artist Eliane Velozo is based on a project that ...
www.lhuca.org/index.php?pageid=8

(Google pesquisa)

Marcadores: ,

Hoshi Matsuri em Maringá -até domingo




Em Maringá, jovens da teceira e quarta geração de descendentes dos imigrantes japonesas, fazem um belo festival, para festejar os cem anos da Imigração Japonesa ao Brasil, até ao próximo domingo.Apresentarão tradicionais brincadeiras e danças ,algumas modernizadas e até o festival do Tanabata ,festejado sempre no dia 07 de julho, será lembrado.Acontece na Vila Olímpica de Maringá.

N9 festival estudantil FERA com CIências, a Professora e Artes e poeta Deolinda Cornicelli Buosi,levou, com suas alunas-são da cidade de Pérola, Paraná-a representação "ASCENÇÃO JAPONESA", que foi cpncluída com meu poema MILAGRAMA, sobre o renascimento de Hiroshima e Nagasaki.

As fotos estão no ORKUT:

http://www.cbnmaringa.com.br/?page=noticia&id_noticia=21627




"Festival

+ Lista Jovens da comunidade nipônica de Maringá preparam festival para homenagear os antepassados

Retorno: o ingresso para o Hoshi Matsuri é um quilo de alimento não perecível na sexta-feira e 3 reais no sábado e no domingo. "

Oucam a entrevista da Rádio CBN, em http://www.cbnmaringa.com.br/?page=noticia&id_noticia=21627

Marcadores:

UMA PAZ vai acolher o Reverberações 2008- SP


Flavia Vivacqua ,do Coro Coletivo e afiliados, vem preparando cuidadosamente o Reverberações 2008.Acho exemplar essa coletividade,pois a partilha, sobretudo,conduz as essoas-no caso, os artustas a um consenso e uma traigem mais ampla.Embora,por motivos poessoais, pouco participe diretamente, divulgo as atividades dos artistas e coloco estes e outros blogs com disponibilidade para os afiliados difundirem suas obras,vernissages,encontros...

Clevane Pessoa


(vejam abaixo, o passo-a-passo)

Hoje, comunica

~CORO,

Acabo de ter uma resposta positiva da UMA PAZ - Universidade do Meio Ambiente e Cultura de Paz,
sobre o espaço com mobiliario para acolher o encontro!!

Dentro do parque do Ibirapuera... uma delicia de lugar!

Prosperidade para nós!

Flavia





"coisas para compartilhar":
- alimentação
- reuso de materiais
- presentes
- troca-de-projetos
- experiencia de deslocamento


NECESSIDADES BASICAS :
hospedagem cultural solidária
espaço para acolher de 50 a 100 pessoas.
espaço para jantar
espaço para celebração publica
mesas, cadeiras, bancadas, almofadas, esteiras.
projetor
som
computador data show
computador para compartilhar conteudos
comunicação/publicitaçã o

TAREFAS:

Focalização da Hospedagem Cultural Solidária
Gisele Hicher

Focalização da Comunicação
Fabiana Mitsue
- flyer eletronico
- cartaz
- wiki ou blog

Focalização de Espaço
Flavia Vivacqua
- UMA PAZ
- FUNARTE
- CCSP (Fabiana)

Focalização de Espaço para Jantar
??

Espaço para celebração publica (proximo ao local do encontro)
??

Focalização dos equipamentos
??
- computadores
- projetor
- som

Alimentação
Flavia Vivacqua + George
- pensar formas de contribuição.
- café da manhã comunitário.
- jantar comunitario? ?


alguem sente de complementar?

abraço em circulo,
Flavia Vivacqua

Marcadores:

quinta-feira, 4 de setembro de 2008

Ciclistas de São Paulo pedalam inspirados em Mário de Andrade -locais citos em QUANDO EU MORRER



Mariana Cavalcanti (Mariana Cavalcante
http://girame.wordpress.com) envia:


"Ciclistas de São Paulo pedalam inspirados em Mário de Andrade

Locais citados no poema “Quando eu morrer”, da Lira Paulistana,
serão pontos de intervenção ciclística e cultural



No próximo domingo (07/09), ciclistas de São Paulo vão pedalar na poesia de Mário de Andrade.
Pátio do Colégio, Vale do Anhangabaú, Faculdade de Direito da USP, Pico do Jaraguá e outros
cartões postais da capital paulista, citados no poema “Quando eu morrer”, da obra Lira Paulistana,
serão visitados pelos amantes do pedal.

Cada ponto citado no poema contará com uma intervenção cultural. De esquetes a recital de poesias,
os ciclistas vão mostrar que pedalar também é cultura.

Pegue sua bike, coloque sua poesia, música ou peça teatral predileta na mochila e venha pedalar
nos locais que inspiraram este autor apaixonado pela “Paulicéia Desvairada”.

Mais informações no www.bicicletada.org

Serviço
Evento: Pedal Cultural – Na poesia de Mario de Andrade
Data: domingo, 07/09
Horário: 9h00
Local: Praça do Ciclista (Av. Paulista x Rua da Consolação)"

Enviado por Mariana Cavalcanti ,através do Coro Coletivo.

Divulg.InBrasCi,Diretoria Regional em Belo Horizonte.

Marcadores:

Setembro é o mês das bicicletas e do Dia Mundial Sem Carro-Pedal Cultural Mário de Andrade-070908



Mariana Cavalcanti, do Coro Coletivo, envia (SAMPA):

"Setembro é o mês das bicicletas e do Dia Mundial Sem Carro!
Anote aí:
Bicicletadas todas sexta-feiras, dias 05, 12, 19 e a tradicional no dia 26/09
Invasão das Mil Bicicletas no Dia Mundial Sem Carro, segunda-feira, 22/09
Sempre na Praça do Ciclista (Av. Paulista x Rua da Consolação)
Concentração lúdico-educativa: 18h
Pedalada: 20h

E mais:


Pedal Cultural, Desafio Intermodal, Vagas Vivas e Cicloviagens.
Participe, veja e construa a programação da Bicicletada no site:
WWW.BICICLETADA.ORG"

Divulgação:
Clevane pessoa de Araújo Lopes
(Coro Coletivo,MUNAP, InBrasCi)

Marcadores:

REDE CATITU CULTURAL no I Festival Internacional de Cultura Popular - Vozes de Mestres

A Dra.Paloma Goulart, advogada da Rede Catitu Cultural, envia-me o release do VOZES MESTRES_

Confiram abaixo REDE CATITU CULTURAL no I Festival Internacional de Cultura Popular - Vozes de Mestres

de Paloma Goulart
para Paloma Guiga
data4 de setembro de 2008 17:40
assuntoREDE CATITU CULTURAL no I Festival Internacional de Cultura Popular - Vozes de Mestres


Boa tarde, amigos!!


É com grande alegria que convido a todos para o I Festival Internacional de Cultura Popular - Vozes de Mestres, com várias apresentações, oficinas e palestras.

Participarei, ao lado de Glaura Lucas e Pedro Mestre, da mesa redonda de Direitos Autorais e Condições de Atuação na Cultura Popular ( Lagoa do Nado, dia 13 de setembro, de 10H às 12H).

Como sabem, faço parte da ONG REDE CATITU CULTURAL e vários artistas e grupos, todos catitus queridos meus, contribuirão ao Festival, vejam:

*Célio Guiga e sua família com o Baile da FAMÍLIA GUIGA; Local: Lagoa do Nado. Dia12.09, sexta-feira, às 21:00H;
*Paloma Goulart na mesa redonda sobre Direitos Autorais e atuação na cultura. Local: Lagoa do Nado. Dia 13.09, sábado, de 10:00H às 12:00H.
*Marco Lobo, presidente da REDE CATITU CULTURAL, e Fernando Fabrini, ator, catitu, aprendiz e coordenador pedagógico do Projeto Presente/Ação Griô da Serra do Cipó, na mesa redonda Editais, Políticas Públicas para as Culturas Populares e Redes. Local: Lagoa do Nado. Dia 14.09, domingo, de 10H às 12H.
*Daniel Porto: com a exibição dos documentários 1º Encontro Regional da Ação Griô; Feira da palavra; Pontos Na Teia, todos de sua direção e de produção da REDE CATITU CULTURAL. Locais: 1- Centro Cultural São Bernardo,quarta-feira (dia 10/09), às 19h; : Exibição dos documentários: Quarta-feira (dia 10/09); 2- Centro Cultural Venda Nova.
* Ricardo Evangelista e Sueli Silva: com o Sarau Tropeiro (dia e horário a confirmar);
* Seu Ribeiro, com seus causos e viola. Local: Lagoa do Nado. Dia 12.09, sexta-feira, às 19:00H;

O convite aos membros da REDE CATITU CULTURAL feito pela JARDIM PRODUÇÕES, produtora do FESTIVAL INTERNACIONAL DE CULTURA PUPULAR- VOZES DE MESTRES, inaugura uma parceria muito bonita, que envolve a defesa, promoção, contemplação, vivência dos conhecimentos e da arte da nossa riquíssima cultura popular.

Quero lembrar que ainda estarão presentes nossos amigos da ONG ENCAIXA COURO, que há mais de 10 anos brinda-nos com a transmissão de brincadeiras brasileiras, imersa em pesquisas e vivências. Em breve o ENCAIXA COURO oferecerá oficinas no projeto Espaço É Comum, desenvolvido pela REDE CATITU CULTURAL. É outra grande parceria de que nós, catitus, muito nos orgulhamos!

Confiram toda a programação no site www.vozesdemestres.com ou pelo telefone (31) 3486-7848. As inscrições são GRATUITAS !!!!

Imperdível!



Carinhosamente,


--
PALOMA GOULART
Advocacia e Consultoria
Direitos Autorais e Terceiro Setor










---------- Forwarded message ----------


Em setembro, BH se transforma na capital das culturas populares
De 12 a 14 de setembro, a capital mineira será palco de várias manifestações culturais reunidas no I Festival Internacional de Cultura Popular Vozes de Mestres, evento que integra as comemorações dos 15 anos do Centro de Cultura Lagoa do Nado, importante espaço de resistência cultural, localizado na zona Norte da capital mineira.
Serão três dias de encontro com apresentações artísticas e de grupos tradicionais, debates, oficinas, exibição de vídeodocumentários, feira de artesanato e comidas típicas. Uma oportunidade para a troca de experiências e vivências no universo da cultura popular.
Entre as atrações confirmadas destaque para Tita Parra (Chile), Pedro Mestre (Portugal), Mestre Nelson da Rabeca (Alagoas), Banda de Pífanos de Bendengó (Bahia), Moxuara (Espírito Santo), e os mineiros Chico Lobo, Pereira da Viola, Família Guiga e Seu Ribeiro.
Além de 15 grupos convidados ou selecionados pela curadoria do Festival, encabeçada pelo pesquisador Carlos Felipe, presidente da Comissão Mineira do Folclore . São grupos de maracatu, folias, cirandas e batuques, mestres de várias partes do país, de Gravatá (PE) a Jequitibá (MG), de Canudos Velho (BA) a Paraíba do Sul (RJ).
Considerado um dos maiores representantes da cultura popular brasileira, Zé Coco do Riachão, também chamado de o "Beethoven do sertão", é o principal homenageado do Vozes de Mestres. No sábado, um encontro de violeiros recebe Dona Luiza Rodrigues, filha de Zé Coco, que fará uma participação bem especial, no ano em que marca 10 anos da morte do instrumentista. Confira programação completa no www.vozesdemestres.com.
O projeto tem patrocínio da Vivo, através da Lei Estadual de Incentivo à Cultura, e o apoio da Secretaria de Estado de Cultura, Centro de Tradições Mineiras (CTM), Sesc-MG, Fundação Municipal de Cultura, Centro de Cultura Lagoa do Nado (CCLN), PUC-MG, Centro Universitário Newton Paiva, Favela É Isso Aí, Rádio Inconfidência, Guia Entrada Franca, Instituto Jardim Cultural, entre outros.

Serviço
Festival Vozes de Mestres – I Festival Internacional de Cultura Popular
De 12 a 14 de setembro
A partir de 9 horas
Centro de Cultura Lagoa do Nado
Entrada Franca
Mais informações pelo telefone 3486-7848 ou pelo site WWW.vozesdemestres.com

Até 5 de setembro,-envie projeto de oficina para Hispanidad 2008-30 e 20 anos de Constituição


Flávia Vivácqua envia, pelo Coro Coletivo:para quem pode oferecer oficinas em SAMPA.Pena que amanhã, o prazo se encerra, mas quem já tem algum pojeto ou ação pronta, pode dar tempo...

Clevane Pessoa -Dir.Reg do InBrasCi em BH/MG

Confira:

"Hispanidad 2008: artes, ciências e letras

30 e 20 anos de Constituição


No mesmo ano em que o mundo celebra a promulgação da Declaração Universal dos Direitos Humanos, a Espanha e o Brasil comemoram, respectivamente, o 30º e o 20º aniversários de suas Constituições, resultado de processos políticos muito semelhantes de construção e consolidação de suas democracias.

No Colégio Miguel de Cervantes, alunos e professores se unem a estas comemorações, voltando sua atenção ao estudo e à reflexão sobre os acontecimentos mais importantes das três últimas décadas relacionados com a democracia, a liberdade, o Estado de direito e o respeito aos direitos humanos.


O evento

O Congresso da Hispanidad é um evento organizado pelo Colégio Miguel de Cervantes para os alunos do Ensino Médio. Este congresso consiste numa série de palestras, debates, oficinas e apresentações de trabalhos durante quatro dias em que os alunos se dedicam exclusivamente à discussão dos assuntos em pauta.

O tema deste ano

Os trabalhos do congresso, sempre fazendo referência às Constituições, procurarão abordar o assunto nas seguintes perspectivas:

A questão ambiental na Espanha e no Brasil
Desenvolvimento científico e tecnológico
Uma retrospectiva da arte e da cultura
Política e economia nos últimos 30 anos
Nossa proposta-convite

Convidamos artistas e arte-educadores para desenvolverem uma oficina ou workshop com nossos alunos a partir dos temas acima mencionados.

As oficinas acontecerão nos seguintes dias e horários:

16/9 – 3ª feira: das 14h30 às 16h10
17/9 – 4ª feira: das 12h às 13h30
18/9 – 5ª feira: das 14h30 às 16h10 conclusão da oficina
19/9 – 6ª feira: das 12h às 13h30, apresentação dos trabalhos no auditório do colégio.
A apresentação consistirá numa exposição dos trabalhos desenvolvidos durante a oficina e um brevíssimo testemunho de um (ou mais) aluno(s) sobre o processo de sua elaboração (tempo apróx.: 10 minutos por oficina).
Os projetos de trabalho

Os projetos devem mencionar o conteúdo da oficina, a estratégia e a relação de todos os materiais necessários (Deve-se calcular a quantidade de material por aluno. Nós adequaremos a quantidade de acordo com o número de inscritos. Cada oficina poderá ter no máximo 20 alunos do Ensino Médio).
A remuneração se dará, a través de boleto ou depósito bancário em conta jurídica, em até 10 dias úteis após apresentação de Nota Fiscal e será no valor de R$ 650,00 (material fornecido pelo colégio).
Local: Colégio Miguel de Cervantes – Av. Jorge João Saad, 905 – Morumbi – SP – Capital.
Envie sua proposta para dace@cmc.com.br até 05/09.
São Paulo, 1 de setembro de 2008."

Marcadores:

Menescal comenta Cd de Nara


Encontrei no site Música Amiga (musicamiga.blogspot.com/feeds/posts/default?s...), o depoimento abaixo, de Menescal, sobre Dc e mandei logo o link para Everi Carrara,que coleciona tudo sobre a Musa.Muita coisa sobre ela, encontra-se, por isso, no seu site www.telescopio.vhz
Cado tenha algo em seus aquivos e acervo, entre em contato com ele:


Certa vez, escrevi um poema chamado Musal Para Leão, onde faço um apanhado da cantora,violonista e sua época:MUSAL PARA NARA LEÃO.Com prazer, vi que foi um dos poemas selecionados pela Editora GUEMANISSE, para a antologia MPB, onde também escrevo sobre Sivuca e sobre Sueli Costa, compositora,a quem sempre admirei desde meus tempos de imprensa em Juiz de Fora.

Para esse concurso, minha nora Karina Campos escreveu "MPB-Já nasceu eterna" e mereceu Menção Honrosa.Para festejar , a editora Guemanisse também lançou o Concurso Cantigários, de Letras de Música e os selecionados sairão em CD.

Clevane Pessoa de Araújo Lopes.
Belo Horizonte, MG, Divulgação do InBrasCi-FDireção Regional em Belo Horioznte.

"O PRIMEIRO CD DE UM ARTISTA BRASILEIRO
"Quando recebi um telex da Phonogram do Japão convidando Nara para gravar um Compact Disc durante sua excursão ao Japão e para que eu produzisse o mesmo, respondi que sim, mesmo antes de falar com ela, pois Nara estava fazendo shows em Portugal e França. Seria importante aceitar esse convite porque pela primeira vez um artista brasileiro gravaria um LP no processo digital para ser lançado em Compact Disc no Japão, no Brasil e possivelmente em vários outros países.
Trata-se de um projeto com clássicos da Bossa-Nova escolhidos por eles. Depois de aceitarmos tudo, vi que loucura seria pois teríamos apenas 25 horas, no máximo, para gravar 16 músicas o que seria quase impossível, porque estaríamos fazendo uma excursão bem puxada e nem conhecíamos os músicos japoneses que iriam gravar conosco.
Mas as pessoas todas foram ótimas, os músicos, o engenheiro de som, os técnicos, a turma da Phonogram, o nosso amigo Milton (meio japa, meio brasuca) e o Miguel que nos ajudou o tempo todo.
Enfim conseguimos realizar esse projeto em ritmo de BRASIL-JAP (trocadilho com a senha da nova república brasileira BRASIL-JÁ)."

(Roberto Menescal)

Marcadores:

LEITURAS NO QUINTANA APRESENTA LUCI COLLIN-Jornal Rascunho


"LEITURAS NO QUINTANA APRESENTA LUCI COLLIN

A escritora curitibana Luci Collin fará, nesta quinta-feira (4 de setembro), uma leitura de seus contos e poemas no Quintana Café & Restaurante (Avenida Batel, 1.440). Durante cerca de 45 minutos, serão lidos cinco contos e dez poemas. O projeto Leituras no Quintana é um evento dinâmico, que permite a interação imediata entre a autora e seus leitores.

Além da leitura, o público também receberá como cortesia a edição de setembro do jornal literário Rascunho, em cuja capa Luci Collin e Carlos Eduardo de Magalhães são os destaques.

Professora de Literatura de Língua Inglesa e Tradução Literária na UFPR, Luci Collin é autora de livros de poesia como Estarrecer, Espelhar, Esvazio, Ondas e Azuis, Poesia Reunida e Todo Implícito; e dos volumes de contos Lição Invisível, Precioso Impreciso, Inescritos e Vozes num Divertimento, recém-lançado pela Travessa dos Editores.

O projeto Leituras no Quintana é uma realização do Quintana Café & Restaurante em parceria com o jornal Rascunho e apoio da Nume Comunicação. A entrada para o evento é franca.

Como atrações gastronômicas, a chef Gabriela Carvalho (responsável pelo cardápio do Quintana) elaborou quatro pratos como opções de jantar: filé mignon grelhado ao molho de pimentas ou ao molho de mostardas; curry tailandês massanam de frango; espaguete aos frutos do mar com tomate concassé, ervas finas frescas e vinho branco; e uma salada com tomate seco, azeitona, palmito e parmesão em lascas. Além disso, todo o cardápio de cafés, sanduíches e doces estará disponível aos clientes. "

A leitura começa às 19h30. Mais informações pelo telefone (41) 3078-6044.

Contatos com o Rascunho:
Jornal Rascunho

Marcadores:

quarta-feira, 3 de setembro de 2008

Companhia de Dança Contemporânea de Évora, Portugal_em setembro



Abaixo, um de meus poemas mais lidos.Escrevi-o para todos os dançarinos, mas ofereci-o inicialmente para os da Companhia de Dança Contemporânea de Évora, Portugal.A convite dela, escrevi um artigo,A Casta da Dança, para o Caderno de Dança 2.Neste mês, esse texto saiu na revista do Movimento Cultural aBrace,editada em papel e virtual(Uruguai).Em agosto, recebi um e-mail de uma jovem dançarina brasileira,gaúcha, solicitando-me autorização para coreografar e musicar o poema, o que deixou-me super contente.


Dançar é escrever com o corpo




Dançar é escrever com o corpo
no espaço estendido á frente,
alongar-se,encolher-se,
rodopiar,
inclinar-se.
jogar-se em absoluta confiança
no Outro que a(m)para,
depois de centenas de ensaios...
Dançar é tocar música
com gestos,com os pés,
absolutamente sem voz,
na arrasadora maioria das vezes.

Dançar é interpretar com meneios
e oscilações impressionantes
ao nosso olhar supreso,
pois temos os pés no chão,
as nuances da mensagem,do enredo,
da palavra em das formas desenhadas
no espaço...

O corpo é o instrumento dos dançarinos:
suas mãos-libélulas,
suas mãos- borboletas,
suas mãos-colibris
escrevem versos no ar...
Seus pés com centenas de micro-fraturas,
seguem intinerários
que a cada instante
recomeçam
e recomeçam,
e se repetem...
A coluna é de borracha,de látex,de seda...
Curva-se,ancaixa-se,projeta-se.
e como dói,mas que importa,
se é o centro do soma?...

O rosto parece cheio de luz
e não revela os sofrimentos
nem os cansaços...
Há um sol em cadaum dos olhos,às vezes,um luar de ouro,
pois sempre brilham de prazer,
no vício sagrado
impossívelde desfazer
Já vi balerinos em cadeiras de rodas,
cada célula a vibrar,
como se fosse um palco
particular.
Já osvi com próteses de celulóide,em pleno vôo...
Já vi os que não mais podem
bailar,tornarem-se mestres,
para que osOutros possam dançar por eles...

Quemagnífica mensagem vemos nas sapatilhas
esfarrapadas e disformes,
que foram um dia de superfície lisa e brilhante,
cetim e forma...

Quantos já dançaram com pés sangrando,
joelhos inchados,microfraturas?

Quantos choravam lutos e perdas
enquanto sorriam?

O dançarino é feito de retalhos dos deuses,
lançados pela Terra,
para que não possam ser esquecidos
em sua divindade...
O dançarino tem um pouco de ave e de borboleta
ou libélula,ou pluma,ou floco de algodão,
ou pétala,ou poalha ,
a dançar na luz...

Clevane Pessoa de Araújo Lopes

Belo Horizonte,28/04/2006,por 29/04,Dia da dança

Poesia publicada no PPP,projeto poesia no pano
www.recantodasletras.com.br/

>>>***<<<
Dança em Cadeira de Rodas



Quando Virgilene Araújo lançou, no foyer do Palácio das Artes,em Belo Horizonte, MG, seu "Uai Poético- pesquisando Tendências e Raízes" (*), após os autógrafos, foi paresentada uma dança fantástica, de dançarinas com órteses e próteses.Somente quando a luz incidia sobre algumas pernas, via-se que eram mecânicas, mas foi algo que tocou-me profundamente.A música e a dança são universais e onipresentes no Mundo.Atravessam quaisquer barreiras de idioma ou credo, cultura ou política.Quando vejo duplas onde um dos dançarinos não tem problemas locomotores , a impulsionar artisticamente,o outro, que os tem, mal posso respirar,de emoção...
À época, Virgilene Araújo integrava a ÁPODE, ajudada pelo marido, então namorado, Rogério Salgado.

Abaixo, Lisieu , Cônsul em MG de Poetas del Mundo, responde aos versos de Jorge Linhaça, leiam:


A Cônsul em Minas de Poetas del Mundo, Lisieux, escreve sobre a D/Eficiência,inspirada pelo poema de Jorge Linhaça :

"Oi, Clevane... por mim, pode publicar, claro! Fique à vontade para usar (e abusar) tudo o que é meu... rs
O poema do Jorge está aí, abaixo(...) "


A DANÇA DA INCLUSÃO

Jorge Linhaça



A cadeira gira suavemente

ao som da serenata ao luar

pelo palco assim a deslizar

encantando a toda a gente



Um parceiro em movimento

sobre as pernas a bailar

o bailado a completar

embevecido em sentimentos.



A platéia aplaude, chora

inebriada de emoção

A fraternidade aflora



Fala mais alto o coração,

o puro amor enfim vigora

nessa doce dança da inclusão.


"ótimo Jorge... dei um "pitaco"..."(Lisieux)
(em A DANÇA DA INCLUSÃO de Jorge Linhaça):


BAILADO (D)EFICIENTE
lisieux

O movimento, suave e delicado
Se torna, às vezes, forte e ritmado.

Ao inclinar o corpo, leve, qual menino,
nem mesmo percebemos
a cadeira sob o dançarino.

Ao som da música, é mágico o bailado...
e o público aplaude, entusiasmado,
a evolução do par de bailarinos.

Extasiada, eu fico a meditar:
- não é preciso usar as pernas
quando se sabe voar...

BH - 30.03.07

(*)UAI POÉTICO-Pesquisando Tendências e raízes":antologia de pesquisa sobre os bardos mineiros-onde,eu que moro em MG desde os seis anos de idade, "mineira de adoção", conforme consta no site UAI ,tenho a honra de estar, ao lado de muita gente boa e também de vários "chegados",a convite da autora.
A edição primorosa, em papel couché, com o "Pirulito" da famosa Praça sete,na capa, é da Gráfica Editora "O Lutador".O livro teve a participação de infra-estrutura de Rogério Salgado.

>>>***>>>

Marcadores: ,

terça-feira, 2 de setembro de 2008

Prêmio Interferências Urbanas 2008


Ilustramos com uma linda interfer~encia urbana:o vídeo de Marco Llobus sobre um brincasnte e seu pião, em Belo Horizonte, na Lagoa do Nado.Confiram.

http://pl.youtube.com/llobus

Llobus- Marco de Imagem:Vídeo>




Concurso enviado por Cristina Llaranja Ribas através do Coro Coletivo: "Abertas as inscrições para o Prêmio Interferências Urbanas 2008 O evento terá premiação de R$ 8 mil para cada um dos 10 projetos selecionados Até 22 de setembro, artistas brasileiros ou residentes no país poderão inscrever seus trabalhos no Prêmio Interferências Urbanas 2008 – Rio de Janeiro, que destina recursos para a montagem e instalação das obras vencedoras em espaços públicos dos bairros do Flamengo (incluindo o Aterro) e Catete, no Rio de Janeiro, de 24 de outubro a 2 de novembro.

O edital com a regulamentação do prêmio está disponível no site
www.interferenciasu rbanas.com. br

onde as inscrições deverão ser realizadas.

Serão aceitas inscrições individuais ou coletivas na área de interferência urbana de caráter efêmero e as obras deverão ser criadas especialmente para o evento. A seleção dos projetos será feita por uma comissão composta por cinco nomes representativos do cenário artístico brasileiro, que irá anunciar os vencedores no dia 3 de outubro, durante coquetel com a apresentação dos projetos selecionados. A premiação será de R$ 8 mil para cada um dos 10 projetos escolhidos.

O Interferências Urbanas 2008, com produção da Tisara Arte Produções, tem o patrocínio da Oi, com apoio cultural do Oi Futuro. O Prêmio Interferências Urbanas notabilizou- se desde a sua primeira edição, em 2000, recebendo inscrições de artistas de todo o país e tendo imagens dos trabalhos realizados reproduzidas na mídia nacional.

O objetivo é fomentar a produção de arte contemporânea em espaços públicos. Por ter sua seleção calcada apenas na avaliação das propostas apresentadas, e antecipar verbas de realização, o Interferências Urbanas é naturalmente um espaço de surgimento de novos artistas. Ao instalar obras em espaços urbanos, promove também o contato com o público não habituado a freqüentar os locais especialmente voltados para a arte, sendo potencialmente democratizador do acesso à nova expressão artística. Prêmio Interferências Urbanas Inscrições: de 1 a 22 de setembro Site: www.interferenciasu rbanas.com. br Seleção: de 23 a 30/9 Anúncio dos vencedores: 3 de outubro Período da exposição: de 24 de outubro a 2 de novembro Assessoria de Imprensa Meio e Imagem Tels: (21) 2533.4748 – 2533.6497 Contatos: Ana Ligia Petrone / Waleska Lima / Flavia Motta Marcio Batista Comunicação Corporativa Oi Fixo 31 21 3131 3095 Oi 31 21 8746 7862 marcio.batista@ oifuturo. org.br Meio e Imagem Assessoria (21) 2533-6497 (21) 2533.4748

Vídeo:Lagoa do Nado, Belo Horizonte:Brincante e Pião.

Marcadores:

segunda-feira, 1 de setembro de 2008

Belo Horizonte-Sempre um papo-Rubem Alves-Alcione Araújo e outros autores



Imagem:um dos muitos ipês que deixam a capital mineira rósea, amarela e rosa, ao longo das ruas...

Clevane Pessoa



A Cônsul em Minas, de Poetas del Mundo, envia:

"Divulgando, por Poetas del mundo, programações culturais em Minas.
Rubem Alves é sempre um bom programa...

lisieux
consul de poetas del mundo pelo Estado de Minas Gerais"





>
>
>> Caros Amigos,
>>
>> Gostaria de convidá-los para o "Sempre Um Papo" no lançamento do
>> novo romance de ALCIONE ARAÚJO, "Pássaros de Vôo Curto" (Record),
>> a se realizar no dia 02/09, terça-feira, às 19h30, na Sala Juvenal
>> Dias do Palácio das Artes. Romance audacioso e original, onde o
>> narrador renuncia ao poder sobre o destino da história, entregando
>> aos muitos personagens esse direito. Alcione é dramaturo, roteirista
>> e cronista do jornal "Estado de Minas". A entrada é franca.
>>
>> E, no dia seguinte, quarta-feira, dia 03/09, o escritor, psicanalista
>> e professor RUBEM ALVES lança, com direito a palestra, o livro
>> "Cantos do Pássaro Encantado", onde discorre sobre as diversas faces
>> do amor. Às 19h30, no Grande Teatro do Palácio das Artes. A entrada
>> é franca e serão aceitas doações de livros para as bibliotecas
>> comunitárias adotadas pelo programa "Biblioteca Sempre Um Papo ?
>> Ler Convivendo".
>>
>> E, ainda: José Alberto Nemer (08/09), Flávio Gikovate (dia 09/09),
>> Eduardo Giannetti (dia 23/09). E no dia 13/09, o "Sempre Um Papo"
>> acontece dentro do Festival "Tudo é Jazz", em Ouro Preto, discutindo
>> o tema "Bossa Nova e Jazz: uma delicada dependência".
>>
>> Acessem nosso site www.sempreumpapo.com.br e vejam o conteúdo.
>> Agradecemos aos visitantes que registraram uma média de quase
>> setecentos acessos/dia, na semana passada.
>>
>> Rádio - "Mondolivro, o blog sonoro da literatura" - mais de 90
>> programetes de um minuto, falados na Guarani FM, com histórias de
>> autores, dicas de livros, feiras e festivais;
>>
>> TV - Mais de 90 programas de tevê, com uma hora de duração cada,
>> com os maiores nomes da literatura brasileira, disponíveis para
>> download livre.
>>
>> E a dica de teatro: com Marcos Palmeira e Adriana Esteves em
>> "Virgulino e Maria - Auto de Angicos", de 05 a 07/09, no Teatro
>> Sesiminas - www.rubim.art.br
>>
>> Muito obrigada pela atenção,
>>
>> Cordialmente,
>>
>> Afonso Borges"
>>
>> www.sempreumpapo.com.br
>>

Marcadores: